Casa ou apartamento: qual atende melhor às suas necessidades?

Diversas dúvidas podem surgir na hora de escolher um lugar para chamar de lar. Para muitos, um investimento para a vida toda; para outros, uma dívida mensal até que se possa ter uma casa própria. Independentemente da sua situação, não é uma escolha fácil. Ter que optar entre uma casa ou um apartamento, para muitas pessoas, é como ficar entre a cruz e a espada.
Para ajudar na solução desse dilema, a Campestre Imóveis reuniu aqui alguns aspectos que devem ser levados em conta na hora da tomada da decisão entre casa ou apartamento. Confira!

Segurança
É indiscutível a questão da segurança como fator determinante na hora da escolha do imóvel. Neste quesito, condomínios acabam sendo mais vantajosos, já que muitos possuem portaria 24 horas e sistema interno de câmeras. É sempre importante lembrar que medidas podem ser tomadas para tornar as residências mais seguras — mas elas podem ter um custo adicional alto.

Espaço
Atualmente, a variedade de apartamentos com os mais diversos tamanhos é enorme. Existem empreendimentos com varandas, sacadas amplas e jardins de inverno, substituindo muito bem o espaço que antes só era possível obter morando em uma casa.
É importante levar em conta o tamanho da família, já que amplas áreas necessitam de maior manutenção. Se os espaços não serão aproveitados por todos, considere um lugar menor.

Privacidade
Para aqueles que prezam pela discrição e privacidade, casas acabam sendo a melhor opção. Não ter moradores acima ou abaixo da sua residência lhe permite evitar preocupações com barulhos indesejáveis dos seus vizinhos e também possibilita mais liberdade para estender as festas entre os amigos e os encontros familiares.
Casas em condomínios fechados também proporcionam essa liberdade, mas fique atento às regras de convivência: elas existem para todos e podem gerar multas se não forem cumpridas.

Convivência
Os modernos condomínios, sejam de casas ou apartamentos, oferecem hoje uma ampla gama de serviços e comodidades como piscina, salão de festas, playground e academia. Essas áreas são perfeitas para a maior integração entre vizinhos e fortalecem os laços entre os moradores mais próximos.
Pense nisso se você tem ou pretende ter filhos: enquanto casas possuem pátios, condomínios também possuem espaço para os pequenos poderem se integrar com as crianças vizinhas e brincarem em segurança numa área de comum acesso.

Animais
Caso você já tenha animais é importante pesquisar e saber sobre as regras, caso você se mude para um aparamento ou condomínio. Nem todos os lugares possuem a mesma regulamentação; por isso, vale se informar para saber se é possível o trânsito dos bichinhos nas áreas comuns do condomínio, por exemplo. Casas acabam sendo a saída mais fácil, já que as regras são feitas pelos próprios moradores.
Cachorros, dependendo da raça e porte, necessitam de uma área maior de convívio. Alguns tipos não se adaptam muito bem ao confinamento em apartamentos pequenos; por isso, é válido levar em conta quantas horas o animal ficará sozinho e quanto tempo você terá para passear com o animal em seu tempo livre.
Além disso, animais estressados podem ser uma dor de cabeça para vizinhos e podem criar um clima quase hostil entre os moradores. Ninguém gosta de tentar relaxar enquanto o cachorro da porta ao lado fica latindo desesperadamente.

Tenha bom senso na hora da escolha entre casa ou apartamento
Talvez o aspecto mais importante seja o mais esquecido. O bom senso deve ser levado em conta na hora da compra, mais do que a oferta ou a localização. Coloque no papel as suas preferências e suas necessidades, e veja qual das opções melhor se encaixa nelas.
De nada adianta comprar um imóvel em uma área segura se ele é pequeno e não se adapta às suas necessidades. É importante que toda a família seja contemplada na tomada da decisão; afinal, a casa será o lar de todos e deve servir aos moradores, nunca o contrário!

 

ofertas da semana | AS MELHORES OPORTUNIDADES